‘O dinheiro que a gente coloca no caixa não é do mercado, é dos assaltantes’, diz funcionário após nove roubos em estabelecimento


Em assalto mais recente, registrado pelas câmeras do estabelecimento, em Almirante Tamandaré, suspeitos renderam clientes e fugiram com dinheiro, cerveja, carne e salgadinhos. Mercado é assaltado nove vezes em Almirante Tamandaré
Funcionários de um mercado que fica em Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba, relatam insegurança após frequentes assaltos.
O estabelecimento foi assaltado nove vezes, em quatro anos de funcionamento.
No roubo mais recente, registrado por câmeras de segurança, os suspeitos renderam clientes e um funcionário, e fugiram levando dinheiro, duas caixas de cerveja, carne, celulares e salgadinhos.
“A gente trabalha com insegurança. A gente entra todo dia, às 8h, para trabalhar, e o dinheiro que a gente coloca no caixa não é o dinheiro do mercado, é o dinheiro dos assaltantes”, disse um funcionário.
O vídeo com as imagens do último assalto mostra o momento em que os assaltantes entraram no estabelecimento e mandaram que uma cliente, que estava no caixa, fosse para o fundo do local, onde funciona o açougue.
Os homens pegaram cerca de R$ 700, que era todo o dinheiro do caixa, segundo os funcionários.
Um dos suspeitos colocou duas caixas de cerveja em uma mochila. Ele tentou fechar o zíper da duas vezes, mas não conseguiu e fugiu com a mochila aberta.
Câmeras registraram nono assalto a mercado, em Almirante Tamandaré
Reprodução/RPC
Após pegarem salgadinhos e carne do mercado, os suspeitos ainda abordaram duas clientes, que chegavam no estabelecimento.
Até a publicação desta reportagem, nenhum suspeito foi preso.
A Polícia Militar (PM) informou que o policiamento em Almirante Tamandaré é feito com viaturas e com módulos móveis. A PM ressaltou que é importante que a população faça denúncias pelo 190 ou pelo aplicativo.
O registro do Boletim de Ocorrência (B.O) de situações de roubo e furto também deve ser feito, conforme orientação da polícia.
A Polícia Civil informou que o caso será investigado.
Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.